Vol 12. N°4. 2011  |  Diciembre de 2011


ALIMENTOS


DESARROLLO Y EVALUACIÓN DE LA EFECTIVIDAD DE UN ALIMENTO FUNCIONAL PARA LA PREVENCIÓN DE LA DEFICIENCIA DE HIERRO


Autores: SÁNCHEZ BOADO, LUCILA; RIO, MARIA E.; BRUMOVSKY, LUIS A.


RESUMEN

Introducción: En el mundo, una de las deficiencias nutricionales más comunes es la anemia ferropriva. Se buscó desarrollar un alimento funcional para disminuir la posibilidad de padecer anemia por deficiencia de hierro. Para ello se aprovechó la costumbre de la población de consumir yerba mate (Ilex Paraguariensis Saint Hilaire), en su forma tradicional de mate caliente. Para aumentar la biodisponibilidad del hierro presente en forma natural se adicionó un potenciador de su absorción como la vitamina C.
Materiales y métodos: Se trabajó con mujeres voluntarias entre 20 y 36 años, las que fueron divididas aleatoriamente en los grupos experimental y control. Fueron estudiadas a lo largo de seis meses utilizando como marcadores del estado nutricional del hierro el hematocrito, hemoglobina y protoporfirina eritrocitaria.
Resultados: Los resultados obtenidos se ajustaron a una ecuación lineal de segundo orden para los dos grupos. Al comparar las pendientes obtenidas para los grupos control y experimental no se encontraron diferencias estadísticamente significativas. Un análisis de los incrementos de los hematocritos cada 30 días, mostró que los del grupo experimental, aumentaban en forma sigmoidea hasta alcanzar un plató, mientras que los del grupo control oscilaban en torno a cero.
Para evidenciar el efecto del producto diseñado sobre las voluntarias potencialmente más sensibles, se realizó una clasificación en los grupos control y experimental entre los valores de hematocritos iniciales menores o iguales a 38 % y mayores a 38 %. Se observó que los grupos con hematocritos mayores a 38 % no presentaron variaciones significativas en el tiempo. Sin embargo, el grupo experimental que comenzó el estudio con valores menores de hematocrito, presentó una pendiente mayor que el grupo control con los mismos valores iniciales, de acuerdo a lo esperado biológicamente.
Conclusiones: Si bien las variaciones de las variables observadas a lo largo del estudio no fueron estadísticamente significativas, el comportamiento del grupo experimental marca una tendencia de respuesta positiva biológicamente importante.

Palabras claves: yerba mate, anemia, hierro, alimento funcional.




DEVELOPMENT AND EVALUATION OF THE EFFECTIVENESS OF A FUNCTIONAL FOOD FOR THE PREVENTION OF IRON DEFICIENCY

SUMMARY

Introduction: Iron-deficiency anaemia is one of the mostly spread nutritional deficiencies around the world. A functional food was developed to decrease the possibility of suffering from this type of anaemia, taking advantage of the consumption of yerba mate in the traditional form of hot mate. To increase the bioavailability of yerba mate's natural iron, vitamin C, an absorption enhancer, was added.
Materials and methods: Female volunteers between 20 and 36 years of age were included in the study and divided into experimental group and control group. They were studied over 6 month using haematocrit, haemoglobin and erythrocyte protoporphyrin and markers of nutritional status.
Results: Results obtained from applying statistical analysis to the biochemical parameters variations showed that the slope of response was not significant. An analysis of haematocrit increase every 30 days showed that haematocrits of the experimental group increased in a sigmoid way until they reached a studio (PLATÓ), while those of the control group oscillated around zero. It was also seen that, making a classification between haematocrit values initially higher than 38% and minor to 38%, the group that began the study with lower values presented an expected more marked response.
Conclusion: Although variations observed over the study were not statically significant, the experimental group responses marked a trend of biologically important positive responses.

Key words: yerba mate, iron, functional food.




DESENVOLVIMENTO E AVALIAÇÃO DA EFICÁCIA DE UM ALIMENTO FUNCIONAL PARA A PREVENÇÃO DA DEFICIÊNCIA EM FERRO

RESUMO

Introdução: No mundo, uma das deficiências nutricionais mais comuns é a anemia ferropriva. Buscou-se desenvolver um alimento funcional para diminuir a possibilidade de padecer de anemia por deficiência de ferro. Para isso considerou-se o costume da população de consumir erva-mate (Ilex Paraguariensis Saint Hilaire), em sua forma tradicional de chimarrão quente. Para aumentar a biodisponibilidade do ferro presente de forma natural adicionou-se um potenciador da sua absorção como a vitamina C.
Materiais e métodos: Trabalhou-se com mulheres voluntárias entre 20 e 36 anos, que foram divididas aleatoriamente nos grupos experimental e de controle. Foram estudadas durante seis meses utilizando como marcadores do estado nutricional do ferro o hematócrito, a hemoglobina e a protoporfirina eritrocitária.
Resultados: Os resultados obtidos ajustaram-se a uma equação linear de segunda ordem para os dois grupos. Ao comprar as inclinações obtidas para os grupos de controle e experimental não se encontraram diferenças estatisticamente significativas. Uma análise dos aumentos dos hematócritos a cada 30 dias, mostrou que os do grupo experimental, aumentavam de forma sigmoidea até alcançar um platô enquanto os do grupo controle oscilavam em torno de zero.
Para evidenciar o efeito do produto desenvolvido sobre as voluntárias potencialmente mais sensíveis, realizou-se uma classificação nos grupos controle e experimental entre os valores de hematócrito iniciais menores ou iguais a 38 % e maiores que 38 %. Observou-se que os grupos com hematócritos superiores a 38% não apresentaram variações significativas no tempo. No entanto, o grupo experimental que começou o estudo com valores menores de hematócrito, apresentou uma inclinação maior que o grupo controle com os mesmos valores iniciais, de acordo com o esperado biologicamente.
Conclusões: Apesar de que as variações das variáveis observadas durante o estudo não foram estatisticamente significativas, o comportamento do grupo experimental marca uma tendência de resposta positiva biologicamente importante.

Palavras-chave: erva-mate, anemia, ferro, alimento funcional.



DESCARGAR PDF